Educomunicação

Essa nova área do conhecimento surge das interconexões entre os campos da educação e da comunicação. Seu objetivo é formar cidadãos conscientes da influência que os meios de comunicação exercem em nossas concepções e do poder que cada cidadão tem de veicular assuntos que considera de interesse social.

A proposta é levar oficinas de reflexão e produção às salas de aula, possibilitando que o público escolar, para o qual as tecnologias de comunicação estão intrínsecas no cotidiano, possa avaliar a informação que lhe chega e esteja apto a participar do debate social por meio de veículos de comunicação. Compreender que a mídia não divulga “a verdade”, mas interpretações dos fatos, faz com que passemos a refletir acerca das informações veiculadas.

A educomunicação abrange tanto a recepção quanto a produção de material midiático. Comunicar é juntar nossas impressões e traduzi-las em imagens, sons, gestos ou palavras, possibilitando a expressão de nossos anseios e a interação com o mundo. A prática da comunicação social, como forma de construir reflexões e colocá-las em discussão, contribui para a formação de cidadãos mais críticos e articulados. Desta maneira surgirão cada vez mais atores socias, capazes de participar ativamente da construção da realidade.